domingo, 21 de novembro de 2010

Ao Pedro Múrias

Foi com muita tristeza que hoje de manhã vi a noticia da morte do Pedro Múrias.
Um homem que tinha  a mesma idade que eu, uma voz que não me sai do ouvido , da cabeça, acompanhei diárimente as suas crónicas da Sala de Espera,  enquanto fazia a viagem do trabalho para casa. Um homem cheio de esperança, que tinha um coração muito doce, que sofria com os outros doentes, enquanto esperavam pelos tratamentos, que os observava e sofria por eles, nunca o conheci pessoalmente, mas a sua voz já me era familiar e quando não aparecia sentia a sua falta, as suas palavras de esperança, a esperança que todos temos.
Que fique em PAZ.....

5 comentários:

maguie disse...

*

..

gabriela disse...

Beijo grande as melhoras do teu marido

Gigi disse...

RIP

Madalena disse...

Também senti uma dor muito garnde. Tinha-me habituado à ideia da sua vitória. Beijinhossss

Guida Palhota disse...

*